Notícias

Acompanhe as ultimas notícias no mundo jurídico.

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal enviou ao Plenário da Corte o Habeas Corpus coletivo que pede a soltura de todos os réus presos com base em súmula do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região. A norma obriga o cumprimento da pena após condenação em segunda instância.

A sugestão para que o Plenário analise o tema foi dada pelo ministro Ricardo Lewandowski. Para o ministro, decisões baseadas apenas na súmula são inconstitucionais.

 

No HC, o STF vai discutir a constitucionalidade da interpretação que a súmula deu à execução antecipada da pena, tornando-a obrigatória. Foi com base nessa súmula que o ex-presidente Lula teve sua prisão decretada, embora ele já tenha tido a condenação confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça.

Para o advogado Willer Tomaz, do escritório Willer Tomaz Advogados Associados, a Súmula do TRF4 é inconstitucional por contrariar a presunção de inocência e o dever de o juiz fundamentar todas as decisões.

“Trata-se de um caso de manifesta ofensa ao princípio constitucional da presunção de inocência e do dever de fundamentação das decisões judiciais. A Súmula do TRF4 tem por escopo a eliminação desses princípios, não só permitindo, mas obrigando a execução automática e antecipada da sentença penal condenatória, bastando o julgamento dos recursos cabíveis na segunda instância. Para nós, a execução da pena deve estar sempre condicionada ao trânsito em julgado do decreto condenatório”, afirma.

Willer Tomaz

Willer Tomaz

Willer Tomaz

WT Advogados

 

O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS está comprometido com a privacidade dos dados dos seus usuários no ambiente da Internet.

1 - Identificação: O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS é uma sociedade de advogados, devidamente inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal, sob o nº 1.772, que presta serviços especializados na área jurídica, nos mais diversos campos do Direito. Estabelecida em Brasília, Distrito Federal, no SHIS QI 01 Conjunto 04 Casa 25, Lago Sul, elaborou sua Política de Privacidade embasada nos Princípios Internacionais, amplamente reconhecidos no âmbito das “Práticas justas no tratamento da informação”.

2 - Informação: O escritório está comprometido com a privacidade de dados pessoais dos usuários cadastrados, conferindo aos mesmos os necessários padrões de segurança, preservando os princípios éticos de transparência no tratamento, controle e uso das informações. Tem como política basilar colher apenas as informações e dados necessários para perfeita consecução dos serviços profissionais oferecidos. Todas as informações e dados pessoais dos usuários colhidos pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS são confidenciais e não são repassados a terceiros.

3 - Legalidade, Conformidade Internacional e Limites Éticos: Considerando os serviços especializados que o escritório oferece, bem como a atividade profissional exercida, adstritos aos ditames elencados no Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, é preservado o sigilo profissional na relação entre advogado e cliente (artigos 25, 26 e 27 do Código de Ética e Disciplina).

4 - Acessibilidade: O usuário cadastrado terá acesso ao(s) seu(s) processo(s) acompanhado(s) pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS, mediante o uso de senha pessoal, dentro dos limites legais e éticos vigentes, devendo, para tanto, solicitar o referido acesso através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Informações e termos legais | Política de privacdade.