Notícias

Acompanhe as ultimas notícias no mundo jurídico.

Para advogado Willer Tomaz, código previsto no PL 1.978/19 é bem-vindo e necessário.

Tramita na Câmara dos Deputados o PL 1.978/19. O texto, de autoria do deputado Federal Eduardo Bismarck, institui o Código de Processo Eleitoral.

A proposta dispõe sobre a tramitação da ações na Justiça Eleitoral, desde sua origem até o TSE, e regulamenta recursos, prazos, provas e julgamento de ações. O texto trata também da legitimidade das partes dos processos eleitorais, entre outros.

Para o advogado Willer Tomaz (Willer Tomaz Advogados Associados), o Brasil carece de um Código de Processo Eleitoral que sistematize a legislação específica e dê maior segurança jurídica às regras de direito material e processual, sendo bem-vinda a nova proposta legislativa. "O Brasil possui um universo imenso de leis e atos normativos distintos, muitas vezes sobre o mesmo assunto. A proposta legislativa é absolutamente bem-vinda e necessária para o país."

Segundo Tomaz, o processo eleitoral, atualmente, é tratado por leis específicas da área, tais como o Código Eleitoral, a lei das Eleições e a lei dos Partidos Políticos, assim como pelas normas gerais de processos cíveis. Apesar da existência de diversas normas, o causídico entende que a legislação eleitoral carece de um código processual, em especial, depois do advento do CPC/15.

"De fato a nossa legislação eleitoral carece, há muito, de um diploma legal codificado e organizado para melhor sistematizar e dar maior segurança não só às regras de conteúdo material, mas também na efetivação das normas aplicáveis ao processo. A propósito, com o advento do novo Código de Processo Civil, em 2015, surge a necessidade ainda maior de a Justiça Eleitoral racionalizar os seus procedimentos e processos eleitorais, sendo essa uma boa hora."

O CPC/15 é levado em conta, inclusive, na justificação do PL, sendo apontado como inspiração da proposta do deputado Eduardo Bismarck. O projeto é inspirado ainda em PL da legislatura anterior, explica Tomaz.

"O texto proposto possui o mesmo espírito do PL 7.106/17, arquivado no início deste ano, bem como uma visível inspiração no CPC/15, além do objetivo de tornar obrigatória a aplicação do referido codex de forma subsidiária e supletiva aos procedimentos judiciais eleitorais."

Antes de ir ao plenário da Câmara, o PL 1.978/19 deve ser analisado por comissão especial.

 

Willer Tomaz

Willer Tomaz

Willer Tomaz

Matéria publicada no site Migalhas no dia 27/08/2019.

WT Advogados

 

O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS está comprometido com a privacidade dos dados dos seus usuários no ambiente da Internet.

1 - Identificação: O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS é uma sociedade de advogados, devidamente inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal, sob o nº 1.772, que presta serviços especializados na área jurídica, nos mais diversos campos do Direito. Estabelecida em Brasília, Distrito Federal, no SHIS QI 01 Conjunto 04 Casa 25, Lago Sul, elaborou sua Política de Privacidade embasada nos Princípios Internacionais, amplamente reconhecidos no âmbito das “Práticas justas no tratamento da informação”.

2 - Informação: O escritório está comprometido com a privacidade de dados pessoais dos usuários cadastrados, conferindo aos mesmos os necessários padrões de segurança, preservando os princípios éticos de transparência no tratamento, controle e uso das informações. Tem como política basilar colher apenas as informações e dados necessários para perfeita consecução dos serviços profissionais oferecidos. Todas as informações e dados pessoais dos usuários colhidos pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS são confidenciais e não são repassados a terceiros.

3 - Legalidade, Conformidade Internacional e Limites Éticos: Considerando os serviços especializados que o escritório oferece, bem como a atividade profissional exercida, adstritos aos ditames elencados no Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, é preservado o sigilo profissional na relação entre advogado e cliente (artigos 25, 26 e 27 do Código de Ética e Disciplina).

4 - Acessibilidade: O usuário cadastrado terá acesso ao(s) seu(s) processo(s) acompanhado(s) pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS, mediante o uso de senha pessoal, dentro dos limites legais e éticos vigentes, devendo, para tanto, solicitar o referido acesso através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Informações e termos legais | Política de privacdade.