Notícias

Acompanhe as ultimas notícias no mundo jurídico.

Por Gabriela Coelho

Na semana passada, Jair Bolsonaro sancionou a lei que prorroga por dois anos a desoneração da folha para 17 setores que mais empregam no país. Com isso, o benefício, que acabaria em 31 de dezembro de 2021, vai vigorar até o fim de 2023. Ontem, Bolsonaro, após receber alta do hospital Vila Nova Star, em São Paulo, afirmou que assinar a prorrogação da desoneração da folha de pagamento “não é fácil” devido ao risco de judicialização.

Especialistas ouvidos por O Antagonista afirmam que o risco supostamente está mais relacionado ao teto de gastos, à Lei de Responsabilidade Fiscal. Entretanto, pode ser um estímulo ao setor produtivo do país. Para os advogados, a medida vem em um contexto de flagelo derivado da pandemia de Covid, com a necessidade de flexibilização de determinadas regras jurídicas.

A advogada tributarista Luciana Gualda explica que a desoneração da folha é um importante mecanismo para se preservar os empregos, os investimentos produtivos e a atividade econômica, possibilitando, que em momentos de crise, ocorra a redução de encargos que oneram demasiadamente os custos das empresas, principalmente para aquelas cujo maior fator de oneração é o custo com mão de obra.

“De fato, a desoneração da folha de pagamentos implica em renúncia de receitas a serem arrecadas pela União, receitas essas que são destinadas ao custeio do regime geral de Previdência Social, impactando no equilíbrio-financeiro desta”, diz.

Para a especialista, apesar de a desoneração da folha não ser “fácil”, como Bolsonaro afirma, de fato é um estímulo ao setor produtivo do país. “Dessa forma, para que possamos apostar no reaquecimento da economia, invariavelmente, em um momento no qual se faz necessária a geração de mais postos de trabalho, a desoneração da folha de pagamentos é medida que se impõe, afetando na redução do custo Brasil, impactando positivamente na captação de investimentos e nas exportações”, afirma.

Já o advogado Willer Tomaz diz acreditar que o risco de judicialização supostamente está mais relacionado ao teto de gastos, à Lei de Responsabilidade Fiscal, uma vez que, segundo o governo federal, a prorrogação da desoneração da folha de pagamento careceu da correspondente estimativa dos impactos orçamentários e financeiros.

“Não caberá ao Judiciário o controle de mérito da política pública tributária, mas somente o exame de eventuais vícios de constitucionalidade e de violação à Lei de Responsabilidade Fiscal” , diz.

Reportagem publicada no O Antagonista.

WT Advogados

 

O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS está comprometido com a privacidade dos dados dos seus usuários no ambiente da Internet.

1 - Identificação: O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS é uma sociedade de advogados, devidamente inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal, sob o nº 1.772, que presta serviços especializados na área jurídica, nos mais diversos campos do Direito. Estabelecida em Brasília, Distrito Federal, no SHIS QI 01 Conjunto 04 Casa 25, Lago Sul, elaborou sua Política de Privacidade embasada nos Princípios Internacionais, amplamente reconhecidos no âmbito das “Práticas justas no tratamento da informação”.

2 - Informação: O escritório está comprometido com a privacidade de dados pessoais dos usuários cadastrados, conferindo aos mesmos os necessários padrões de segurança, preservando os princípios éticos de transparência no tratamento, controle e uso das informações. Tem como política basilar colher apenas as informações e dados necessários para perfeita consecução dos serviços profissionais oferecidos. Todas as informações e dados pessoais dos usuários colhidos pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS são confidenciais e não são repassados a terceiros.

3 - Legalidade, Conformidade Internacional e Limites Éticos: Considerando os serviços especializados que o escritório oferece, bem como a atividade profissional exercida, adstritos aos ditames elencados no Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, é preservado o sigilo profissional na relação entre advogado e cliente (artigos 25, 26 e 27 do Código de Ética e Disciplina).

4 - Acessibilidade: O usuário cadastrado terá acesso ao(s) seu(s) processo(s) acompanhado(s) pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS, mediante o uso de senha pessoal, dentro dos limites legais e éticos vigentes, devendo, para tanto, solicitar o referido acesso através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Informações e termos legais | Política de privacdade.