Notícias

Acompanhe as ultimas notícias no mundo jurídico.

O Presidente do Supremo Tribunal Federal, Min. Dias Toffoli, na última quinta-feira (14), em sessão do Plenário, comunicou a instauração de inquérito com vistas a apurar “notícias fraudulentas (fake news),

denunciações caluniosas, ameaças e infrações revestidas de animus calumniandi, diffamandi e injuriandi, que atingem a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros e familiares”.

A decisão foi tomada pela Presidência do Tribunal após informações de que procuradores do Ministério Público Federal incitaram, nas redes sociais, a hostilização popular contra os ministros.

O advogado Willer Tomaz afirma que o fato é inédito, o que explica haver tantas controvérsias. “É a primeira vez em que o STF sofre tantas agressões diretas por parte de agentes públicos, assim como é a primeira vez que determina diretamente, de ofício, a instauração de um inquérito assim”.

O especialista afirma que é cedo para concluir pela inviabilidade do procedimento e que eventuais mudanças poderão surgir. “Ameaças contra o STF põem em xeque o próprio Estado Democrático. Qualquer conclusão acerca da inviabilidade do procedimento adotado pelo Presidente do STF é precipitada. É necessário aguardar esta fase preliminar. É possível que sejam implementadas mudanças na condução do inquérito, como o Relator delegar as investigações e diligências à Polícia Federal”.

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, pediu na última  sexta-feira (15), que o Supremo Tribunal Federal esclareça o objeto do inquérito.

O Inq 4.781 está sob a relatoria do ministro Alexandre de Moraes, quem poderá contar com equipe exclusiva para o caso, formada por pelo menos um delegado e um juiz auxiliar.

Willer Tomaz

Willer Tomaz

Willer Tomaz

WT Advogados

 

O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS está comprometido com a privacidade dos dados dos seus usuários no ambiente da Internet.

1 - Identificação: O escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS é uma sociedade de advogados, devidamente inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal, sob o nº 1.772, que presta serviços especializados na área jurídica, nos mais diversos campos do Direito. Estabelecida em Brasília, Distrito Federal, no SHIS QI 01 Conjunto 04 Casa 25, Lago Sul, elaborou sua Política de Privacidade embasada nos Princípios Internacionais, amplamente reconhecidos no âmbito das “Práticas justas no tratamento da informação”.

2 - Informação: O escritório está comprometido com a privacidade de dados pessoais dos usuários cadastrados, conferindo aos mesmos os necessários padrões de segurança, preservando os princípios éticos de transparência no tratamento, controle e uso das informações. Tem como política basilar colher apenas as informações e dados necessários para perfeita consecução dos serviços profissionais oferecidos. Todas as informações e dados pessoais dos usuários colhidos pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS são confidenciais e não são repassados a terceiros.

3 - Legalidade, Conformidade Internacional e Limites Éticos: Considerando os serviços especializados que o escritório oferece, bem como a atividade profissional exercida, adstritos aos ditames elencados no Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, é preservado o sigilo profissional na relação entre advogado e cliente (artigos 25, 26 e 27 do Código de Ética e Disciplina).

4 - Acessibilidade: O usuário cadastrado terá acesso ao(s) seu(s) processo(s) acompanhado(s) pelo escritório WT ADVOGADOS ASSOCIADOS, mediante o uso de senha pessoal, dentro dos limites legais e éticos vigentes, devendo, para tanto, solicitar o referido acesso através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Informações e termos legais | Política de privacdade.